O Athletico Paranaense entrou em campo nesta quarta-feira (6) para realizar sua 31ª partida da Série do Brasileirão. Diante do Cruzeiro, o Furacão foi superior do começo ao fim, criou muitas possibilidades, mas esbarrou nas ótimas defesas do goleiro Fábio, que evitou a derrota celeste.

Foto: Miguel Locatelli | Site Oficial Athletico Paranaense

Comandado pelo técnico Eduardo Barros o time não sentiu falta de Tiago Nunes, que optou por não treinar mais o rubro-negro. Apresentando um bom futebol o Furacão envolveu seu adversário e foi o dono das principais ações.

O Cruzeiro, por sua vez, conseguiu chegar poucas vezes na meta defendida por Santos, mas somente em uma finalização o arqueiro athleticano precisou trabalhar.

Assim como foi na etapa inicial o Athletico foi melhor no período complementar, mas o Cruzeiro foi quem começou assustando e Santos trabalhou mais uma vez e evitou o gol.

Sem a mesma intensidade o Furacão não teve tantas chances de marcar, mas quando chegou, Fábio seguia fazendo ótimas intervenções e evitando que o rubro-negro abrisse o placar.

Com o empate o Athletico caiu uma posição e com o complemento da rodada poderá perder maus uma. Agora com 47 pontos, a equipe da Baixada está na sétima posição da tabela de classificação.

O próximo compromisso será contra o São Paulo, domingo, no Morumbi.

Público e renda: 12.885 total | R$ 216.370,00.