Athletico e Flamengo se enfrentaram pela partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Na Arena da Baixada, as equipes protagonizaram um confronto cheio de emoções e no final, empate por um gol. O único gol atheticano validado na partida foi anotado por Leo Pereira, enquanto Gabriel marcou para os cariocas.

Foto: Athletico Paranaense

Com a presença de mais de 22 mil torcedores a Arena do Athletico recebeu um confronto cheio de emoções. Desde o começo o Furacão foi mais agudo e vertical em suas jogadas ofensivas e levou mais perigo, mas o Flamengo também criava e assustava.

Na etapa inicial o rubro-negro paranaense foi melhor e chegou a marcar duas vezes, mas o VAR flagrou impedimento nos lances e os dois gols de Marco Ruben foram anulados. Os visitantes pouco finalizaram nos primeiros 45 minutos.

O VAR não flagrou o lance em que Marcelo Cirino avançava sozinho em direção ao gol após receber lançamento e o goleiro Diego Alves pegou a bola com as mãos fora da grande área para impedir o gol.

O jogo ficou mais emocionante no segundo tempo e logo no início do Furacão marcou com Léo Pereira, que de cabeça aproveitou cobrança de escanteio para vencer o goleiro flamenguista.

Quando o time da Baixada era superior e estava prestes a marcar o segundo o atacante Marcelo sofreu penalidade máxima e na revisão do VAR o árbitro Anderson Daronco (FIFA-RS) revisou também uma disputa de bola anterior ao lance entre Ruben e Rodrigo Caio e acabou optando por marcar falta do jogador ofensivo em cima do defensivo.

A demora de seis minutos para a revisão dos lances esfriou o Athletico e logo em seguida o atacante Gabriel marcou o gol de empate, vencendo o marcador Leo Pereira e finalizando por cima de Santos.

Depois do empate o Mengo cresceu e dominou as principais ações por alguns minutos, mas o Furacão reequilibrou e conseguiu marcar mais uma vez, com Marcelo Cirino. O lance mais uma vez foi anulado pela arbitragem, gerando muitas reclamações.

Com o empate o Furacão precisa vencer o jogo de volta no Maracanã para avançar para as semifinais. O confronto acontece na próxima quinta-feira, dia 18 de julho. Um novo empate leva a decisão para as penalidades máximas.

Quem vencer enfrenta o vencedor do confronto entre Bahia e Grêmio.

Público total: 22.825 | Renda: R$982.465,00