Priorizando a disputa da Recopa Sulamericana contra o River Plate-ARG, o Athletico entrou em campo neste domingo (19) pela quinta rodada do Brasileirão com uma equipe totalmente reserva para enfrentar o Corinthians. Mesmo depois de ser superior aos paulistas durante os 90 minutos, equipe paranaense amargou uma derrota, a primeira em casa na temporada, por 2 a 0.

Foto: Miguel Locatelli/Site Oficial Athletico Paranaense

Sem nenhum titular atuando o Furacão entrou em campo mostrando que poderia conquistar um resultado positivo diante dos corintianos, mas a falta de pontaria na primeira etapa e as grandes defesas do goleiro Cássio no período complementar, combinados com duas falhas defensiva, determinaram o resultado negativo na Arena da Baixada.

Impondo o ritmo de jogo os paranaenses tiveram 62% de posse de bola e 23 finalizações, contra 38% de posse paulista e quatro arremates.

No primeiro gol o jogador Jadson fez o cruzamento para a área e Vagner Love sem marcação cabeceou fraco no canto do goleiro Caio, que demorou para reagir e viu a bola entrar mansamente em seu canto direito.

Ainda no período inicial o Athletico criou possibilidades, mas parou na trave em uma delas e na falta de pontaria nas demais tentativas.

Assim como aconteceu no primeiro tempo, no segundo os reservas do rubro-negro dominaram, mas com jogadas mais agudas e várias finalizações, esbarraram nas grandes defesas do goleiro Cássio.

Nos últimos minutos da partida, em um dos poucos momentos da equipe paulista no campo de ataque o jogador Pedrinho foi mais experto e aproveitou novo vacilo de marcação para de cabeça tocar por cima de Caio, que estava adiantado e não conseguiu praticar a defesa.

Com o tropeço o Athletico, que poderia entrar no G4, acabou caindo para a décima posição na tabela de classificação, com duas vitórias, duas derrotas e um empate.

Na quarta-feira, dia 22, os paranaenses enfrentam o River Plate-ARG, na partida de ida da Recopa Sulamericana, na Arena da Baixada, às 21h30.

No domingo, dia 26, pelo Brasileirão, o Furacão enfrenta o Flamengo, fora de casa, provavelmente com a equipe reserva novamente.

Público e renda: 19.409 total | R$ 612.385,00.