Atlético faz grande jogo, mas peca no final, leva gol e é eliminado da Libertadores

Por Rafael Pignataro
Foto: Bruno Baggio/Site Oficial

O Atlético Paranaense realizou uma grande partida diante do Santos, na Vila Belmiro, mas não conseguiu o resultado necessário e foi eliminado da Taça Libertadores da América. Superior desde o início do jogo, o rubro-negro criou diversas possibilidades para balançar as redes, não balançou e acabou castigado no final, sofrendo derrota por 1 a 0.

Precisando vencer por dois gols de diferença para conquistar a classificação, a equipe de Fabiano Soares foi bem, mandou na partida, mas na única oportunidade dos donos da casa, Bruno Henrique finalizou na saída de Weverton e mandou para o fundo das redes.

Mesmo atuando na casa do adversário o Furacão se comportou como mandante, pressionou a saída de bola, forçou os donos da casa a errarem e criou as melhores chances. O goleiro Vanderlei fez um grande jogo, praticou diversas defesas e não deixou a bola entrar, sendo considerado o melhor jogador em campo. O Furacão ainda carimbou a trave em uma das oportunidades no período complementar.

A equipe de Levir Culpe só se defendeu, não conseguia sair do campo de defesa e ficou praticamente acuado durante todo o jogo.

Nos últimos minutos o Santos conseguiu contra-atacar com o meio campo Lucas Lima, que fez boa jogada, passou para Ricardo Oliveira que por sua vez serviu Bruno Henrique, esse acertou o único chute a gol da equipe santista e marcou, decretando a vitória do alvinegro praiano.

Com a eliminação o Atlético passa a se concentrar somente na disputa do Brasileirão. No domingo (13) a equipe volta a campo, em casa, na abertura do returno, contra o Bahia.