No último UFC da temporada 2018, a lutadora curitibana Cris Cyborg entrou em ação defendendo o cinturão do peso pena. Diante da baiana Amanda Nunes, a paranaense não conseguiu evitar o nocaute e de forma surpreendente perdeu título da categoria até 67 kg para a rival compatriota, que se tornou a maior campeão da história da organização.

Com o The Forum Arena lotada para a edição 232 do Ultimate Fighting Championship, em Los Angeles, Cyborg buscava sua 21ª vitória na carreira para se manter  invicta na organização e seguir com o cinturão pela terceira defesa consecutiva, mas a Leoa foi melhor e em apenas 51 segundos nocauteou a paranaense no co-main event do UFC.

O confronto começou eletrizante, com Cyborg partindo pra cima, mas Amanda Nunes conseguiu resistir, esperar o momento e acertar um soco que desestabilizou Cris. Depois, a Leoa acertou mais golpes e engatou uma sequência brutal até a interrupção do árbitro, se tornando a primeira campeã de duas divisões do Ultimate.

Amanda é a campeã das categorias galo e pena do UFC.

RESULTADOS COMPLETOS:

UFC 232

The Forum, em Los Angeles (EUA)

Sábado, 29 de dezembro de 2018

Card principal

Jon Jones derrotou Alexander Gustafsson por nocaute no 3R

Amanda Nunes derrotou Cris Cyborg por nocaute no 1R

Michael Chiesa finalizou Carlos Condit com uma kimura no 2R

Corey Anderson derrotou Ilir Latifi por decisão unânime dos jurados

Alexander Volkanovski derrotou Chad Mendes por nocaute técnico no 2R

Card preliminar

Walt Harris derrotou Andrei Arlovski por decisão unânime dos jurados

Megan Anderson derrotou Cat Zingano por nocaute técnico no 1R

Petr Yan derrotou Douglas D’Silva por nocaute técnico 2R

Ryan Hall finalizou BJ Penn com uma chave de calcanhar no 1R

Nathaniel Wood finalizou Andre Ewell com um mata-leão no 3R

Uriah Hall derrotou Bevon Lewis por nocaute no 3R

Curtis Millender derrotou Siyar Bahadurzada por decisão unânime dos jurados

Montel Jackson finalizou Brian Kelleher com um triângulo de mão invertido no 1R