Fotógrafa curitibana usa a arte para ajudar crianças no Haiti

Através de uma campanha de financiamento coletivo é possível colaborar com “Foto mwen”.

Foto Mwen” (meu retrato em Crioulo haitiano) é um projeto que busca resgatar a identidade de crianças órfãs através de retratos, que são entregues impressos e é registrada a reação em ver a própria imagem em uma fotografia, muitos pela primeira vez. A ida para o país faz parte do projeto social independente Criativos pelo Haiti e tem viagem prevista para janeiro de 2019. A campanha está disponível na plataforma Benfeitoria, que mobiliza recursos para projetos de impacto cultural, social, econômico e ambiental, até o dia 28 de outubro.

Na 3ª edição de Foto Mwen, será atendido um novo orfanato e a comunidade de Kenscoff, região montanhosa próxima à capital Porto Príncipe, sem acesso a energia elétrica e fornecimento de água. “A aplicação do projeto consiste em fotografar o indivíduo, imprimir a fotografia e na hora da entrega fotografar a reação do fotografado ao ver-se”, explica Carol Castanho.

Nas comunidades por onde o projeto tem passado, Carol percebeu que dificilmente os indivíduos viam a si mesmos em câmeras e celulares, o que a inspirou a criar o projeto como trabalho de conclusão de curso da pós-graduação Fotografia e Imagem em Movimento. “Faço o projeto porque percebi que por onde trabalhei no Haiti as pessoas não possuíam fotografia de si e nem espelho para se olhar, a foto impressa possibilita que essas pessoas se vejam e encontrem-se consigo mesmas, além de ver-se nas relações interpessoais”, destaca Carol.

A primeira meta possui o valor de R$ 2.500,00 e será utilizada para a aquisição de material necessário para aplicar o projeto na região das montanhas. As recompensas começam com o valor de R$ 25,00 e incluem desde fotografias e postais de Carol até uma cerveja haitiana e ensaios fotográficos.

A fotógrafa Carol Castanho iniciou seu trabalho voluntário no Haiti há três anos atrás, quando idealizou o projeto “Foto Mwen”. Desde então, já foram realizadas duas edições, em 2016 e 2018 em orfanatos e comunidades do país. Mais informações sobre o projeto podem ser visualizadas no site: http://carolcastanho.com/haiti/foto-mwen/

Publicidade