A terceira rodada do returno da fase inicial do Campeonato Brasileiro de Clubes Masculino 2019 prosseguiu neste sábado (27 de abril) com a realização de dois grandes jogos. O NBPG/CCR RodoNorte/UniSecal/LDPG e o São José dos Pinhais/Guaxo saíram vencedores, em dois jogos equilibrados, deixando a competição ainda mais acirrada na reta final da primeira fase.


Foto: Jackson Nessler/Blackstar Basquete – Legenda: O NBPG/CCR RodoNorte/UniSecal/LDPG cresceu no segundo tempo e venceu bem fora de casa.

O NBPG/CCR RodoNorte/UniSecal/LDPG manteve o bom momento ao derrotar o Blackstar Basquete/Trimania, por 84 a 69 (36 a 40 no primeiro tempo), mesmo atuando na AD Embraco, em Joinville (SC), crescendo bastante no segundo tempo. Os principais nomes da partida foram Leandro Rubens (14 pontos, 08 rebotes, 04 assistências e 01 bola recuperada) e Felipe Rech (11 pontos, 03 rebotes, 02 assistências, 02 bolas recuperadas e 02 bloqueios), pelo time da casa; Michel Silva (22 pontos, 12 rebotes, 01 bola recuperada e 01 bloqueio – double-double) e Cícero Gonzaga (14 pontos, 10 rebotes, 01 assistência e 01 bola recuperada), em favor do visitante.

O primeiro tempo foi dominado pelo time da casa, que ficou na frente nos dois quartos iniciais, com pequenas vantagens – 20 a 22 (primeiro) e 16 a 18 (segundo). A reação do representante de Ponta Grossa aconteceu no segundo tempo, com destaque para o período final, quando conseguiu um bom aproveitamento nos arremessos de média e longa distância para se firmar no comando do placar e abrir vantagem – 19 a 13 (terceiro) e 29 a 16 (quarto).

“Nosso time jogou bem e fizemos um bom primeiro tempo, mas no último quarto tivemos alguns momentos difíceis e eles abriram vantagem. Enfrentamos uma equipe experiente, que soube controlar bem a diferença quando esteve na frente”, comentou Renan Ribeiro, ala do Blackstar Basquete/Trimania.

“O jogo foi bem disputado nos dois primeiros quartos, depois abrimos uma pequena vantagem no fim do terceiro período. Em seguida, conseguimos administrar e levar para casa uma importante vitória, que vai fazer a diferença na classificação”, analisou Leonardo Dias, ala do NBPG/CCR RodoNorte/UniSecal/LDPG.

O ala André “Batata” Mendes, do NBPG/CCR RodoNorte/UniSecal/LDPG, recebeu o Troféu Roland Bublitz por ter sido eleito o melhor jogador da partida. Grande esportista e incentivador do esporte de Joinville, Roland é benemérito e colaborador do Blackstar Basquete, além de fundador e dirigente do Clube do Basquete, que reúne dezenas de atletas de todas as idades aos domingos, sendo referência para a saudável prática desportiva, lúdica e de entretenimento.

Foto: Sidney Silva/EsporteSC – Legenda: No tempo extra, o São José dos Pinhais/Guaxo venceu, com emoção, em Brusque

Já Brusque/FME/Aradefe/Trimania e São José dos Pinhais/Guaxo fizeram um jogo extremamente equilibrado, com várias alternâncias no marcador. Com esse panorama, o São José dos Pinhais/Guaxo foi um pouco melhor no momento decisivo e garantiu o resultado positivo no tempo extra, vencendo por 78 a 72 (69 a 69 no tempo normal e 28 a 33 no primeiro tempo), atuando na Arena Multiuso, em Brusque (SC).

O representante catarinense esteve em vantagem no primeiro tempo, sem abrir uma diferença muito grande – 13 a 15 (primeiro quarto) e 15 a 18 (segundo quarto). Nos dois períodos finais foi a vez da equipe paranaense reagir, deixando tudo igual e levando a decisão do vencedor da partida para o tempo extra – 21 a 17 (terceiro quarto) e 20 a 19 (quarto final).

A prorrogação começou equilibrada, mas na parte final o São José dos Pinhais/Guaxo conseguiu um rendimento melhor e chegou ao resultado positivo (09 a 03).

Os destaques foram Heitor Cardoso (13 pontos, 06 rebotes, 05 assistências e 03 bolas recuperadas) e Fernandão Teixeira (10 pontos, 10 rebotes e 02 assistências – double-double), pelo time catarinense; Rafael Martins (18 pontos, 07 rebotes, 01 bolsa recuperada e 01 bloqueio) e Francisco Junior (13 pontos, 05 rebotes e 01 assistência), em favor da agremiação paranaense.

“A minha avaliação deste jogo é péssima, pois faltou inteligência e foco até o final; isso não pode acontecer, ou seja, o arremesso final não foi convertido e o time adversário conseguiu o rebote ofensivo três vezes seguidas. Faltou trabalhar e mais empenho, mais garra e me incluo nisso, temos que trabalhar mais; a equipe vinha de uma sequência boa, mas estamos dormindo em cima disso, este é um campeonato parelho e ninguém está brincando, qualquer vacilo vai nos custar à vitória, como ocorreu nesta partida” analisou Alexandre Barros da Rocha, técnico do Brusque/FME/Aradefe/Trimania.

“Foi uma partida muito difícil porque a equipe de Brusque vem de uma boa sequência e também por ser mandante, mas a nossa ótima defesa fez grande diferença e nos deu essa ótima vitória. Agora é preparar para o confronto contra o Blackstar. Quero agradecer também o apoio de nossa torcida, que se fez presente em bom número na Arena em Brusque”, comentou Romário Santos, armador do São José dos Pinhais/Guaxo.

O ala Heitor Cardoso, do Brusque/FME/Aradefe/Trimania, recebeu o Troféu Amílcar Wemuth por ter sido eleito o melhor jogador da partida. Carinhosamente chamado de Chico, o saudoso Amílcar Wemuth foi um grande desportista brusquense.

A classificação de momento do Campeonato Brasileiro de Clubes Masculino 2019 é esta:

1º) Cravinhos Basketball – 18 pontos (08 vitórias e 02 derrota)

2º) NBPG/CCR RodoNorte/UniSecal/LDPG – 17 (07 vitórias e 03 derrotas)

3º) Brusque/FME/Aradefe/Trimania – 15 pontos (05 vitórias e 05 derrotas)

4º) LSB/PMS – 15 pontos (05 vitórias e 05 derrotas)

5º) Unifae/São João da Boa Vista – 14 pontos (05 vitórias e 04 derrotas)

6º) São José dos Pinhais/Guaxo – 14 pontos (04 vitórias e 06 derrotas)

7º) Blackstar Basquete/Trimania – 13 pontos (03 vitórias e 07 derrotas)

8º) Araraquara/ABA/Fundesport – 11 pontos (02 vitória e 07 derrotas)