TAÇA PARANÁ: Evolução é novamente a marca registrada da maior competição das categorias de base

A competição acontece em outubro, em São José dos Pinhais e terá a participação de 155 equipes de 10 Estados.

Foto: Josi Schmidt/Taça Paraná

A Taça Paraná, que já ganhou o status de maior competição de voleibol das categorias de base do mundo, chega a sua 18ª edição batendo todos os recordes possíveis. A disputa, que acontece este ano entre os dias 28 de outubro a 2 de novembro, em São José dos Pinhais, terá a participação de 155 equipes inscritas, uma a mais que no ano anterior. O número de Estados também aumentou em relação a 2017, de oito para 10, somando 64 instituições.

O Paraná lidera a participação com 17 equipes inscritas. Em seguida está Santa Catarina com 13 confirmações; Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul terão mais oito, cada um. Minas Gerais estará presente com seis equipes; São Paulo soma mais cinco instituições; Distrito Federal e Pernambuco duas, cada e ainda Mato Grosso e Goiás com uma participação de cada Estado.

As categorias Sub-14 e Sub-16, no feminino, tiveram maior procura e a organização teve que se adaptar pois esse aumento significativo vai gerar um número aproximado de 2.400 atletas. Para um evento desse porte a equipe da organização contará com cerca de 250 pessoas, entre equipe técnica, arbitragem, staff, cozinha e terceirizados que estarão envolvidos diretamente na competição.

Em virtude desse grande número, especialmente nas categorias menores, a organização mudou o formato e estará lançando nesta edição a disputa da competição em Série Ouro, Série Prata e Série Bronze, com premiação nas três divisões. Para realizar este formato, algumas alterações precisaram ser realizadas no regulamento. “É necessário que todos os envolvidos façam uma releitura deste regulamento que já se encontra atualizado no site www.tacaparana.com.br e no sistema de gerenciamento das equipes inscritas, no link ‘Documentos’”, explica o coordenador geral da Taça Paraná, Josmar Coelho.

A organização do evento contará mais uma vez com a estrutura de 14 quadras em São José dos Pinhais, nos ginásios Max Rosenmann, Ney Braga, Sesc, São Marcos, APCEF e Colônia Rio Grande. “Estamos fechando algumas parcerias comerciais, a fim de trazer novidades da modalidade, além das tradicionais camisetas do evento que estarão disponíveis para compra nos ginásios. A expectativa é grande e agradecemos a colaboração da equipe da Secretaria de Esporte e Lazer do município, que não estão medindo esforços para realizar mais essa edição, juntamente com a Federação da Voleibol e Prospection”, afirma Josmar.

Publicidade