Toledo e Athletico entraram em campo na tarde deste domingo (14) para medirem forças pela partida de ida da finalíssima do Campeonato Paranaense. No Estádio 14 de Dezembro, o campeão da Taça Barcímio Sicupira largou na frente e venceu o campeão da Taça Dirceu Krüger, por 1 a 0. O único gol do confronto foi anotado por Fandinho, nos acréscimos da partida.

Foto: Miguel Locatelli / Site Oficial Athletico Paranaense

Mesmo jogando fora de casa foi o rubro-negro quem mais jogou buscando o resultado positivo, dominando as principais ações. Enquanto o Athletico tinha mais posse de bola e chegava com frequência ao ataque, o Toledo só se defendia, esperando uma jogada certeira para atacar.

De um lado o goleiro André Luiz trabalhava tentando evitar o gols dos visitantes, especialmente no segundo tempo. O goleiro athleticano foi pouco exigido e pouco trabalhou durante toda a partida.

O rubro-negro desperdiçava oportunidades errando os arremates e quando acertava, o goleiro adversário fazia boas defesas.

Quando o confronto caminhava para o empate sem gols, os donos da casa foram mais espertos e conseguiram aproveitar a força da bola parada para balançar as redes. Depois de cruzamento na área o zagueiro Fandinho subiu sem marcação e cabeceou para marcar o gol da vitória do Porco, aproveitando falhas do defensor Bambu que não foi para o lance tentar o corte e do goleiro Leo, que não reagiu viu a bola entrar e morrer no fundo das redes.

Com a vitória diante do seu torcedor o Toledo joga por um empate para conquistar seu primeiro título na história. Já o Athletico precisa vencer por dois gols de diferença para garantir da 25ª taça estadual. Caso vença por um gol de diferença, a decisão do título será através das cobranças de penalidades máximas.

O jogo de volta acontece na Arena da Baixada, dia 21, às 16 horas.