Touros do Curitiba Rugby alcançam placar histórico no Campeonato Brasileiro

Curitiba Rugby vence Templários fora de casa por 120 a 00 em confronto pela segunda rodada do Super 16.

Foto: Susi Baxter-Seitz

O Super 16 – Campeonato Brasileiro de Rugby – começou bem para os Touros do Curitiba Rugby. Depois de estrearem vencendo o Pé Vermelho (Londrina) por 39 a 15, venceram o Templários (São Bernardo do Campo), sábado (28) por 120 a zero.

Os placares no rugby costumam ser altos, já que o try vale cinco pontos. Mas 120 a zero não é nada comum. De acordo com o Portal do Rugby, principal mídia especializada no esporte, não se via fato assim há 12 anos.

Segundo Aluísio Dutra Jr., diretor técnico do Curitiba Rugby, o grande desnível técnico entre as equipes é decorrente da regionalização criada pela confederação brasileira com o intuito de democratizar o esporte.

No novo formato, o campeonato brasileiro, que era disputado por oito equipes, passou a ser disputado por 16 equipes divididas em quatro grupos regionais. Isso significa que oito times, alguns com histórias bem recentes, passaram para a primeira divisão de uma vez só e estão enfrentando equipes de clubes que possuem mais de 30 anos de tradição.

“A confederação precisa refletir sobre a importância do campeonato de clubes para o rugby brasileiro.” Afirma Aluísio. Segundo ele, para que o Brasil ganhe posições no ranking mundial, é necessário olhar para dentro do país também e não somente para fora.

Neste sábado (4), o Curitiba Rugby receberá o SPAC (SP), equipe que já fazia parte dos Super 8 e a partida promete ser mais equilibrada.

Serviço:

Super16 – Campeonato Brasileiro de Rugby
Modalidade: XV (15 jogadores de cada equipe em campo)
Categoria: Masculino Adulto
Curitiba Rugby x SPAC (São Paulo)
04/08/2018 – 15h00
Entrada Franca
Rua Pastor Manoel Virgínio de Souza, 1020 – Curitiba/PR

O Clube

O CRC – Curitiba Rugby Clube é uma instituição sem fins lucrativos cujos projetos fazem parte de uma visão de desenvolvimento integral no esporte para formar não apenas atletas, mas também cidadãos profissionalmente capacitados.

O seu projeto social VOR – Vivendo O Rugby, atende diretamente cerca de 600 crianças de escolas públicas de Curitiba e Região Metropolitana em contraturno escolar, com metodologia própria. Este projeto foi contemplado, em 2014, com o mais importante prêmio do mundo, o Spirit Of Rugby, pela World Rugby – autoridade máxima do esporte.

O projeto RPS – Rugby Para Sempre, recebe alunos que se destacaram no VOR e atletas de outros esportes que desejam e apresentam habilidade para integrar as equipes juvenis do Clube.

As equipes de Alto Rendimento do Clube, bicampeão brasileiro masculino e feminino da primeira divisão, contam com dezenas de atletas que conheceram o rugby por meio dos seus projetos sociais.

Diversos desses atletas passam a fazer parte das seleções brasileiras, defendendo o Brasil em campeonatos ao redor do mundo.

Atletas que apresentam as melhores performances no esporte e nos estudos são contemplados com bolsas de ensino superior por meio da parceria que o clube mantém com a Uniandrade.

Patrocinadores

O Curitiba Rugby Clube conta com importantes patrocinadores, grandes parceiros que acreditam no esporte como uma das mais importantes ferramentas de transformação social.

Todos os seus projetos são apoiados pela Lei de Incentivo ao Esporte do Governo Federal. Isso significa que empresas de lucro real podem contribuir por renúncia fiscal – fazendo a doação e descontando do imposto de renda.

Outros tipos de apoio também fazem parte da política do clube, tais como permutas e patrocínio direto. A condição primordial é que haja congruência de valores entre a marca patrocinadora e os valores do rugby: respeito, integridade, solidariedade, paixão e disciplina.

Hoje o clube conta com os seguintes patrocinadores e apoiadores: Copel, Secretaria do Esporte e do Turismo do Paraná, Prefeitura de Curitiba, CCR RodoNorte, Uniandrade, Volvo, Isotron, Nutry, Rumo, Elejor, Etaete, Favretto Painéis e Sanrad.

Publicidade