Cultura Cantor e compositor Paulinho Moska lota teatro em Curitiba

Cantor e compositor Paulinho Moska lota teatro em Curitiba

-

Por Diego Pereira

O SESC da Esquina, em Curitiba, recebeu na noite da última quinta-feira (03/08) o show do cantor e compositor carioca Paulinho Moska, apresentando os maiores sucessos de sua carreira e encantando o público com releituras de músicas consagradas por grandes artistas como Jorge Drexler, Martnália, Caetano Veloso e The Beatles.

Embalados pelos grandes hits da carreira do artista, cerca de 300 pessoas lotaram o Teatro do SESC e aplaudiram em pé o espetáculo, que contou também com a participação do músico curitibano João Triska, vencedor do Prêmio Grão da Música e que lançou seu primeiro disco de inéditas em 2015. Moska, inclusive, participou da gravação do segundo disco de João Triska, “Iguassul”, no ano passado, cantando a música “A Linha Além”.

Antes do show, Paulinho Moska disse que a lotação da casa é um reflexo de sua insistência enquanto músico. “Tocar em Curitiba é sempre muito especial, e ter gente bem na frente, bem perto, já dá a sensação de noite diferenciada. Curitiba era um desafio para mim nos primeiros dez anos de carreira, mas aos poucos construí uma relação mais harmônica, e acho que a lotação da casa hoje é um reflexo da minha insistência”, afirma Moska.

O artista também revelou a utilização de um novo instrumento no palco, inédito até então em seus shows. “No meu show o público ouve as canções que gosta de cantar. Neste eu trouxe um violão de nylon, um de aço e vou inaugurar aqui em Curitiba um instrumento que comprei na Bolívia, que se chama Ronroco. Ele é um pouco mais baixo que o violão, mas a musicalidade é linda”, destaca.

Esta foi a primeira vez que os dois músicos se encontraram no palco. Para João, além da afinidade musical, o que liga os dois é o interesse que ambos sustentam pela América Latina. “Foi uma grande satisfação reencontrar o Paulinho Moska aqui em Curitiba, e agora dividindo o palco com ele para cantar a canção que gravamos no Rio de Janeiro. Para mim, ele é um dos maiores nomes da música brasileira. Fiquei muito feliz com o carinho e a energia do público. Eu e o Moska nos conectamos muito pela questão de sermos apaixonados pela América Latina e pelos povos indígenas. Tudo o que a gente conversa e se influencia vai além da música em si”, conclui João.

Rafael Pignatarohttps://www.cadernoinformativo.com.br
Produtor de conteúdo | Repórter | Jornalista |Marketing | Idealizador do Portal Caderno Informativo | Empreendedor na RP Comunicação Integrada |

Últimas publicações

Coxa aplica goleada no Toledo na estreia no Couto Pereira

Jogando em casa e com força máxima o Coritiba recebeu o Toledo, na primeira partida do verdão...

Paraná e Londrina empatam na Vila Capanema

Em confronto atrasado da segunda rodada do Campeonato Paranaense, o Paraná Clube recebeu o Londrina, na Vila...

Athletico leva surra do Operário em plena Arena da Baixada

O Athletico sofreu uma verdadeira goleada na Arena da Baixada. Em confronto válido pela 2ª rodada do...

Athletico estreia na próxima semana na Copa Sulamericana

O Athletico Paranaense estreia na Copa Sulamericana na próxima semana, dia 20 de abril. Depois de conhecer...

GaiaMX apresenta pilotos que disputarão títulos no motociclismo off-road em 2021

O Team GaiaMX se prepara para entrar na disputa em 2021 com um elenco completo para as...

Campanha que mobilizou grandes nomes do futebol entra em nova fase para ajudar famílias durante pandemia

Grandes nomes do futebol e da música estão se unindo para ajudar crianças e famílias em situação...

Mais destaques do esporte

Único representante na elite, Athletico conhece tabela do Brasileirão

A Confederação Brasileira de Futebol divulgou nesta...

CBF realiza sorteio da Copa do Brasil

A Confederação Brasileira de Futebol realizou na...

Você também pode gostarRelacionadas
Recomendado para você

Fale conosco