Divulgação Prefeitura de SJP realiza a exposição “#doeumaflor” de Katia...

Prefeitura de SJP realiza a exposição “#doeumaflor” de Katia Velo

Em suas exposições, a marca da artista Katia Velo é o uso dos motivos florais, das formas curvilíneas e orgânicas com forte apelo ornamental.

-

A Prefeitura de São José dos Pinhais, por meio de sua Secretaria de Cultura, e com o apoio da Infraero, realiza, dia 04 de setembro, às 10h, a abertura de mais uma edição do Projeto “Asas da Arte”, este mês com a participação da artista visual, colunista cultural, diretora da APAP/PR e professora de arte Katia Velo. A artista apresentará alguns trabalhos inéditos feitos especialmente para a exposição. A exposição faz parte da Campanha #doeumaflor que neste ano entrará em sua 4ª. Edição.

Em suas exposições, a marca da artista Katia Velo é o uso dos motivos florais, das formas curvilíneas e orgânicas com forte apelo ornamental. Vários artistas a influenciam, Matisse, Aldemir Martins, Beatriz Milhazes, Frida Kahlo.  A identificação com Frida ocorre também, pois nasceram no mesmo dia, 06 de julho. Frida amava flores, tanto que disse: “Pinto as flores, assim elas não morrem”. A Arte islâmica como a arte bizantina e chinesa também são representativas em suas obras pelo uso dos arabescos e rococós.  A artista usa cores fortes e vibrantes por meio de gestos expressivos. A artista define sua obra como um devaneio, um trabalho hedonista, em busca do prazer estético. A alegria e o ritmo conduzem seu pincel. As cores e flores são suas inspirações. “As flores exercem em mim uma profunda inspiração. Sinto que as flores e eu formamos uma simbiose”, declara a artista.

SERVIÇO:
Local: Aeroporto Internacional Afonso Pena
Abertura da exposição: Dia 04 de setembro, às 10h
Período de exposição: De 04 a 30 de setembro.
Horário visitação: Diariamente das 0h às 24h
Endereço: Rua Rocha Pombo, s/no.
São José dos Pinhais/PR
Informações: 41 3381-5909
ENTRADA FRANCA
www.sjp.pr.gov.br

Maiores informações: 

​Sobre Katia Velo
Natural de São Paulo, Capital, nascida em 1966. Professora de arte, colunista, fotógrafa, consultora cultural, artista plástica, ensaísta e palestrante.  Especialista em História da Arte Moderna e Contemporânea pela EMBAP (2007); realizou cursos de Especialização em Educação pela USP (1992-1994); bacharelada e Licenciada em Letras – Faculdade Anhembi/Morumbi – SP (1991). Possui em seu currículo, mais de 15 exposições individuais e 150 coletivas, além de premiações em Salões de Arte. Criadora e idealizadora do Projeto #doeumaflor (4ª. Edição). Participou por quase dez anos do grupo CACEV – Centro de Arte Contemporânea Edilson Viriato. Expôs na Argentina, Alemanha, Áustria, Estados Unidos, Espanha, França e Polônia. Desde 2007 é diretora de Comunicação da APAP/PR. Exerceu na Secretaria Municipal de Cultura de São José dos Pinhais os cargos de chefia na divisão de música, literatura e artes plásticas e atuou como assessora e curadora, respectivamente em 2004 e 2013. Desde 2014 assina coluna na “Folha da Mulher”. Há treze anos assina a coluna virtual cultural www.katiavelo.com.br. Por sua atuação tem recebido premiações e homenagens.

Sobre a Campanha #doeumaflor
A Campanha #doeumaflor tem o objetivo de resgatar a admiração pelas flores e também motivar as pessoas a “polinizarem” boas ações, por isto, o tema  deste ano é “Vamos florescer”. Num mundo cada vez mais introspectivo, onde vivemos conectados a aparelhos elétricos e eletrônicos o tempo todo, acabamos desconectados da Mãe Natureza. É preciso perceber nossos instintos e deixar fluir nossas emoções.  A primavera tem um efeito transformador na natureza e nos animais. Nos também passamos por um processo de renovação, revigoramento e rejuvenescimento. Precisamos resgatar o amor pelas flores e pela natureza. Participar é simples. Basta vestir-se, fotografar, curtir, comentar e compartilhar nas suas redes sociais situações alusivas à primavera, usando hashtag #doeumaflor.  A campanha quer unir a todos pelo amor, representado por meio de um gesto, doar uma flor, metaforicamente, representa doar carinho e respeito, aos outros e a si mesmo. “Me perguntas por que compro arroz e flores? Compro arroz para viver e flores para ter algo pelo que viver”. (Confúcio).

Últimas publicações

Cabeças de chave se garantem nas quartas de final da Copa Feminina de Tênis

 Estão definidas as 8 tenistas que fazem, nesta sexta, as quartas de final da Copa Feminina de...

Tenista curitibana de 17 anos conquista primeira vitória no profissional na Copa Feminina de Tênis

A curitibana Isabela Mocelin Romanichen, de 17 anos, conquistou sua primeira vitória no profissional, ao bater Julia...

Paranaense quer título em Curitiba para celebrar bodas de prata nos caminhões

Um dos mais experientes pilotos no grid, o paranaense Wellington Cirino chega para sua segunda final na...

Gabriela Cé estreia nesta quarta contra Julia Konishi na Copa Feminina de Tênis

A cabeça de chave 1 da Copa Feminina de Tênis, a brasileira Gabriela Cé faz sua estreia...

Ponta Grossa recebe 2.ª etapa do Paranaense de Terra 2021

A segunda etapa do Campeonato Paranaense de Velocidade na Terra 2021, será realizada no próximo fim de...

Duelo entre Curitiba Vôlei e Dentil/Praia Clube abre rodada da Superliga na capital

Na próxima quinta-feira (02/12), o Curitiba Vôlei recebe o Dentil/Praia Clube, atual líder da Superliga Feminina, em...

Mais destaques do esporte

Londrina é Campeão Paranaense

O Londrina é o Campeão Paranaense 2021....

Brendon Zonta Gabardo é campeão da Old Chev “B”

O piloto curitibano Brendon Zonta Gabardo (Condor, Grameira...

Você também pode gostarRelacionadas
Recomendado para você

Fale conosco