Automobilismo Campos entra na briga pela vitória em Londrina

Campos entra na briga pela vitória em Londrina

Piloto da Prati-Donaduzzi segue crescendo e sai em 5º no grid.

-

LONDRINA – O veterano Rubens Barrichello, campeão de 2014, conquistou a pole da prova de abertura da rodada dupla válida pela quarta etapa da Stock Car. O ex-Fórmula 1 dominou o Q3, última parte da sessão classificatória deste sábado de sol forte no autódromo de Londrina, e vai liderar o grid de 31 carros a partir das 13 horas de amanhã, com transmissão ao vivo pelo SporTv. Mas a vida do piloto da Full Time Sports não será fácil: o qualifying voltou a revelar o equilíbrio da categoria (30 dos 31 pilotos ficaram separados por menos de um segundo no Q1) e confirmou a evolução de Julio Campos, da Prati-Donaduzzi, que partirá em 5º depois da conquista de dois terceiros lugares há duas semanas no Velopark.

Campos novamente deu mostras que voltou a ser um dos protagonistas da Stock Car. O quarto colocado no campeonato comemorou o resultado. “Estamos melhorando, ficando cada vez mais competitivos. Só não sairei um pouco mais à frente, provavelmente em terceiro, porque dei uma erradinha no último trecho do Q3. Mas estamos na briga. Sabemos que as corridas serão pegadas e que temos carro para ir para a frente”, garantiu, depois de entrar na decisão da pole pela primeira vez em 2018.

Nos treinos da manhã, Campos realizou uma simulação de corrida. “Acertamos o carro muito bem para as condições de prova. Acredito que temos todas as possibilidades de sair daqui talvez já em terceiro do campeonato, já que a diferença para o Felipe Fraga é de apenas quatro pontos, ou até em segundo e ainda reduzir a desvantagem em relação ao Daniel Serra”, disse. Cacá Bueno, o vice, largará em 9º, enquanto Serrinha fechará a terceira fila ao lado de Campos.

O parceiro de Campos viveu um dia de emoções distintas no norte paranaense. Quinto colocado no Q1 e mais veloz no seu grupo, o amazonense Antonio Pizzonia acabou caindo no Q2 e partirá em 15º. “Eu estava no limite da passagem ao Q2 e a equipe me pediu para dar uma volta a mais por segurança. Era uma decisão difícil, sei disso, mas o carro começou a ficar um pouco traseiro por causa do desgaste dos pneus. De qualquer forma, acho que o carro está até mais competitivo para uma situação de prova do que de classificação. Continuo otimista. Vou ter de remar um pouco, quem sabe priorizando um pouco mais a segunda corrida, mas ainda vamos discutir bastante as estratégias”, avaliou.

Os melhores do grid em Londrina:

1 – Rubens Barrichello (Full Time Sports), 1min10s662
2 – Max Wilson (RC), 1min10s675
3 – Marcos Gomes (Cimed), 1min10s831
4 – Felipe Fraga (Cimed), 1min11s032
5 – Julio Campos (Prati-Donaduzzi), 1min11s063
6 – Daniel Serra (RC), 1min11s580

Últimas publicações

Athletico vence o Peñarol no Uruguai pela Sul-Americana

O Athletico deu um importante passo na busca por uma das vagas na grande final da Copa...

Paraná inaugura maior clube de tiro esportivo do Brasil, em São José dos Pinhais

Dentro de uma área de 400 mil metros quadrados de muita mata preservada, em São José dos...

Coxa empata fora de casa

O Coritiba viajou para enfrentar o Vitória no Barradão, em partida válida pela 25ª rodada do Brasileiro,...

Zezinho Muggiati fatura etapa da SPR Light de kart no Beto Carrero

Com o primeiro lugar na primeira corrida e terceiro lugar na segunda corrida, o piloto curitibano, Zezinho...

Após sete jogos Athletico volta a vencer no Brasileirão

O Athletico Paranaense finalmente voltou a vencer na Série A do Campeonato Brasileiro. Após ficar sete jogos...

Rebaixado para a Série D, Paraná perde mais uma na terceirona

2021 é o ano mais vergonhoso da história do Paraná Clube. Depois de ser rebaixado no começo...

Mais destaques do esporte

Coxa é campeão da Copa do Brasil sub-20

Na tarde deste domingo (20) o Coritiba...

Você também pode gostarRelacionadas
Recomendado para você

Fale conosco