Vôlei Curitiba Vôlei De virada, Curitiba Vôlei vence duelo contra Maringá na...

De virada, Curitiba Vôlei vence duelo contra Maringá na Superliga Feminina

-

Com uma virada emocionante no calor do tie break, o Curitiba Vôlei derrotou o Unilife/Maringá por 3 sets a 2 (26/28, 15/25, 25/19, 29/27 e 16/14) na noite de quinta-feira (17), no ginásio da Universidade Positivo, na capital, em jogo válido pela 7ª rodada do returno da Superliga Feminina.

A ponteira Nelmaira Valdez foi a maior pontuadora do jogo, com 28 anotações sendo 1 de saque, 22 de ataque e 6 de bloqueio. Com a bela atuação, Valdez também ficou com o troféu Viva Vôlei como a melhor atleta em quadra.

Foto: Diego Pereira

Após sair perdendo por 2 sets a 0, no terceiro set o jogo do Curitiba melhorou e a torcida, inflamada, viu a equipe vencer com boa atuação da levantadora Cali e um show da ponteira Valdez e da capitã Valeskinha, virando bolas rápidas e garantindo pontos preciosos pelo meio da rede.

No quarto set a emoção continuou à flor da pele e os dois times duelaram ponto a ponto pela liderança no placar, com ótimo aproveitamento da ponteira Rafaela. Na defesa, a líbero Tassia teve trabalho para conter os poderosos ataques de Maringá, até que o jogo encaixou melhor e o time da capital mostrou mais disposição tática na defesa e no ataque. Com a partida empatada, o jogo foi para o tie break.

Com as duas equipes alternando à frente do placar até os 7 pontos no set decisivo, não era possível prever quem fosse vencer o duelo paranaense, até que Curitiba abriu 3 pontos de vantagem e, depois, só administrou o resultado. No fim, um bloqueio definiu a vantagem para as curitibanas.

“O jogo era muito importante para nós. Todo mundo se doou ao máximo para a equipe e elas deram tudo o que podiam. Ficamos muito felizes, até mesmo porque a torcida estava merecendo. Eles jogaram junto com a gente a todo momento e isso fez toda a diferença. Acho que vimos dois times super aguerridos, as meninas já se conhecem mais e aquelas que são mais experientes estão dando todo o apoio para as mais novas. O grupo está muito fechado e a tendência é ir cada vez melhor”, avisa a treinadora do Curitiba, Helga Sasso.

Analisando o jogo, a líbero Tassia acredita que a vitória vai mexer positivamente com todo o time.

“O que prevaleceu hoje (ontem) foi a união da equipe. Trabalhamos muito a questão psicológica, porque estamos em uma fase complicada na competição. A gente faz um set muito bom e no fim acaba perdendo. Hoje perdemos o primeiro set de uma forma que deu baqueada em todas nós, mas a torcida ajudou muito. Foi a força que a gente precisava para se doar mais um pouquinho e analisar melhor o jogo. Uma supriu a deficiência da outra e foi isso que fez com que a gente saísse com a vitória. Acho que essa vitória vai dar uma mexida muito grande na gente, até porque estamos tendo todo o apoio da direção do clube para isso. Vamos para os jogos com a cabeça muito melhor e quem sabe conquistar uma vitória fora de casa ou somar pontos que nos ajudem na classificação”, disse Tassia após a partida.

O próximo desafio do Curitiba Vôlei será contra o Fluminense, terça-feira, dia 22, no Rio de Janeiro, em partida válida pela 8ª rodada do returno da Superliga. Atualmente, as curitibanas ocupam a 11ª colocação na tabela, com 3 vitórias e 8 pontos conquistados em 17 jogos. 

Últimas publicações

Joga não faz bom jogo e sofre revés para o Atlético-GO

Apático, o Coritiba sofreu mais um revés jogando como visitante na Série A do Campeonato Brasileiro. Assim...

Paranaense de Velocidade na Terra: Kart Cross confirma o maior grid da 2.ª etapa

As categorias Kart Cross Original CBA e Kart Cross Força Livre fizeram a festa na 2.ª etapa da Copa Vila Velha de...

Zorzetto vive uma nova experiência Citadino de Kart de Foz do Iguaçu

Uma nova experiência será vivida por Caio Zorzetto, da equipe Disam Insumos Agrícolas/CHD'S do Brasil/Thunder/Lei de Incentivo...

Firás Fahs inicia no Citadino de Foz a preparação para o Paranaense de Kart

Mais do que buscar uma nova vitória neste sábado, quando disputará a 3ª etapa do Campeonato Citadino...

Com 182 jogos, Coritiba vira o clube que Robinho mais defendeu na carreira: “Sentimento de orgulho”

São 715 partidas como atleta profissional. Aos 34 anos, o meia Robinho possui uma trajetória de sucesso...

Athletico vence e fica a um jogo da classificação na Libertadores

Não realizando uma grande temporada até aqui o Athletico Paranaense deu um importante passo na busca por...

Mais destaques do esporte

Behulova completa semana perfeita e conquista título em Curitiba

A eslovaca Bianca Behulova certamente não vai...

Cascavel Futsal é campeão da LNF 2021

O futsal paranaense está em festa. Neste...

Você também pode gostarRelacionadas
Recomendado para você

Fale conosco