Destaques do Esporte Tenista paranaense Nathália Gasparin fatura o Bahia Juniors Cup...

Tenista paranaense Nathália Gasparin fatura o Bahia Juniors Cup pela 1ª vez

-

E o Brasil fez a festa conquistando os dois principais títulos na 33ª edição do Bahia Juniors Cup, terceira mais valiosa competição do país que contou com 220 atletas de nove países e pontuação Grau 3 para o ranking mundial júnior. A paranaense Nathália Gasparin e o pernambucano João Lucas Reis confirmaram o favoritismo e levaram o troféu em uma manhã e tarde de batalhas na quadra principal do centenário Clube Bahiano de Tênis.

Nathália, 165ª do mundo, que completa 18 anos no próximo mês, manteve a série de títulos do Brasil na categoria principal feminina ao derrotar a peruana segunda favorita Romina Ccuno por 2 sets a 0 com parciais de 7/5 7/6 (9/7) após duas horas e meia de duração.

A brasileira saiu atrás com 0/3, depois 1/4, mas foi buscar a virada no primeiro set. Viu a adversária ter sete set-points para levar ao terceiro set, mas foi buscar a vitória para levantar o caneco, seu primeiro na carreira mundial no juvenil nesta que é sua terceira participação no Bahia Juniors Cup: “Estou muito feliz com essa minha conquisita, minha primeira, fortes emoções hoje. Ela começou super bem matando os pontos e eu correndo de um lado para o outro, mudei um pouco minha estratégia, ela saiu na frente no segundo set, mas lutei ponto a ponto para conseguir virar o jogo, salvei sete set-ponts, teve um desses que salvei umas seis bolas complicadíssimas. Estou muito feliz”, celebrou a tenista que agora focará sua carreira no profissional: “Foi uma ótima conquista que me dará muita experiência para os eventos profissionais”.

A tenista que na sexta levou o troféu de duplas ao lado da portuguesa Rebeca Silva elogiou o evento: “Todos os três anos que vim pra cá foi muito bem organizado, o hotel muito bom, as quadras, é o único do juvenil com quadra rápida, isso é muito bom, os árbitros, tem boleiro, Gatorade à vontade, essas coisas para nós são muito boas”.

A última vez que o Brasil não se sagrou campeão no feminino em Salvador foi em 2012 com conquista da portuguesa Ivone Álvaro. Em 2013, 2015 e 2016 deu a paulista Thaísa Pedretti e em 2014 a carioca Maria Silva.

Por Assessoria de Imprensa

Rafael Pignatarohttps://www.cadernoinformativo.com.br
Produtor de conteúdo | Repórter | Jornalista |Marketing | Idealizador do Portal Caderno Informativo | Empreendedor na RP Comunicação Integrada |

Últimas publicações

Tenista curitibana de 17 anos conquista primeira vitória no profissional na Copa Feminina de Tênis

A curitibana Isabela Mocelin Romanichen, de 17 anos, conquistou sua primeira vitória no profissional, ao bater Julia...

Paranaense quer título em Curitiba para celebrar bodas de prata nos caminhões

Um dos mais experientes pilotos no grid, o paranaense Wellington Cirino chega para sua segunda final na...

Gabriela Cé estreia nesta quarta contra Julia Konishi na Copa Feminina de Tênis

A cabeça de chave 1 da Copa Feminina de Tênis, a brasileira Gabriela Cé faz sua estreia...

Ponta Grossa recebe 2.ª etapa do Paranaense de Terra 2021

A segunda etapa do Campeonato Paranaense de Velocidade na Terra 2021, será realizada no próximo fim de...

Duelo entre Curitiba Vôlei e Dentil/Praia Clube abre rodada da Superliga na capital

Na próxima quinta-feira (02/12), o Curitiba Vôlei recebe o Dentil/Praia Clube, atual líder da Superliga Feminina, em...

Londrina encerra a temporada do Paranaense de Velocidade

Com provas no sábado e domingo, no Autódromo Internacional Ayrton Senna, Londrina encerrou o Campeonato Paranaense de...

Mais destaques do esporte

Londrina é Campeão Paranaense

O Londrina é o Campeão Paranaense 2021....

Brendon Zonta Gabardo é campeão da Old Chev “B”

O piloto curitibano Brendon Zonta Gabardo (Condor, Grameira...

Você também pode gostarRelacionadas
Recomendado para você

Fale conosco