Esporte Valendo o Título: etapa definiu os campeões em Ponta...

Valendo o Título: etapa definiu os campeões em Ponta Grossa

-

Por Diego Pereira

Com patrocínio da Osmoze, Full Sports, Costão do Santinho e VB Construção Civil, o Clube Ponta Lagoa, em Ponta Grossa, recebeu entre 9 e 12 de novembro a etapa “Valendo o Título” do Circuito Osmoze, definindo os campeões estaduais de 1ª a 8ª classes A, B e C, mais a categoria Super Master. Além do apoio do clube, o torneio FPT 1000 + bônus da Federação Paranaense de Tênis (FPT) teve o apoio da Meta Escola de Tênis e contou com a participação de 184 tenistas.

Na principal categoria do torneio, o toledano Fernando Ristow (HBA/Prefeitura de Toledo) conquistou o título de campeão estadual do Circuito Osmoze e confirmou o primeiro lugar no ranking paranaenses 2017 da 1ª classe, não podendo ser mais alcançado pelos adversários. Sobre o trabalho que fez durante todo o ano, Fernando disse estar muito satisfeito.

“Acho que tive uma boa atuação neste torneio Valendo o Título. A experiência contou muito neste campeonato. Consegui sair de um buraco no primeiro jogo e depois fiz uma semifinal bem difícil também, mas consegui reverter a meu favor o resultado. O sol pegou bastante, mas mesmo assim mantive o foco e no final deu tudo certo. É importante ganhar os torneios, manter um bom nível no tênis e terminar o ano na liderança do ranking também é muito bom. Para mim, como atleta, isso me incentiva a me manter dentro do esporte por mais um tempo”, disse Ristow, que nesta segunda-feira ainda disputa a semifinal do Fonsatti Open de duplas, em Toledo.

As disputas em Ponta Grossa aconteceram nos naipes masculino e feminino. Decididas no sistema round robin, na 1MB, Roberto Cristo ficou com o título e Bruno Andrade com o vice-campeonato. Na 2FA, Lorene Caldeira ficou em primeiro e Isabelle Torres em segundo. Na decisão da 2MA, Matheus Roth venceu Maurício Silva por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 6/2 e garantiu o título estadual.

Segundo a avaliação do árbitro geral Renan Parize, a organização foi bem e o torneio apresentou bom nível técnico. “O andamento no geral foi muito bacana, apesar da chuva forte que caiu sexta-feira. Tivemos que remanejar alguns jogos para sábado e domingo, mas no final o sol abriu forte e foi muito gostoso. O pessoal gostou muito e para nós também foi muito prazeroso realizar. Temos muito carinho pelo Circuito Osmoze em especial. Agora só teremos torneios oficiais no ano que vem, com um FPT Junior Series 1000, e estamos à disposição dos tenistas de todo o Estado para que venham conhecer e jogar no Ponta Lagoa”, disse Renan, proprietário da Meta Escola de Tênis.

Rafael Pignatarohttps://www.cadernoinformativo.com.br
Produtor de conteúdo | Repórter | Jornalista |Marketing | Idealizador do Portal Caderno Informativo | Empreendedor na RP Comunicação Integrada |

Últimas publicações

Sete cidades têm vencedores na 1ª etapa do Paranaense de Kart

O Campeonato Paranaense de Kart de 2022 começou em Foz do Iguaçu com provas na sexta-feira e...

Maratona Internacional de Foz do Iguaçu Sesc PR inventiva atletismo paralímpico

Reconhecido como um esporte popular e democrático, as corridas de ruas acolhem todos os públicos. Para garantir...

Coxa sofre derrota para o Santos nos acréscimos pelo Brasileirão

Festa antes do jogo, mais uma decepção após o apito final. Uma rotina na vida do torcedor...

Zorzetto tem fim de semana perfeito na abertura do paranaense de Kart

Um fim de semana perfeito. Assim foi a participação de Caio Zorzetto, da equipe Disam Insumos Agrícolas/CHD'S...

Promotor da Fórmula Truck vistoria autódromo de Cascavel

Gilberto Hidalgo, promotor da Fórmula Truck, vistoriou o Autódromo Zilmar Beux, em Cascavel, no início da tarde...

De virada Athletico cala o Mineirão no Brasileirão

Pela 21ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro o Athletico foi ao Mineirão enfrentar o Atlético...

Mais destaques do esporte

Você também pode gostarRelacionadas
Recomendado para você

Fale conosco