Atlético leva segunda virada consecutiva e sofre derrota para a Chapecoense

Com falhas no sistema defensivo, rubro-negro sofreu cinco gols em apenas dois jogos.

Foto: Miguel Locatelli/Site Oficial Atlético Paranaense

O Atlético Paranaense acumulou mais uma derrota no Brasileirão. Em jogo atrasado, válido pela 20ª rodada, o rubro-negro mais uma vez saiu na frente do marcador, mas novamente falhou defensivamente e foi derrotado de virada, pela Chapecoense, por 2 a 1. Em dois jogos o Furacão sofreu cinco gols.

Jogando fora de casa o a equipe da Baixada tinha tudo para somar mais três pontos e entrar na briga por uma posição dentro do G10, mas o repetindo o péssimo jogo defensivo, não conseguiu seu primeiro triunfo longe de Curitiba.

Com o campo pesado, muito molhado, as equipes não apresentaram um bom espetáculo na Arena Condá. No período inicial poucas oportunidades foram criadas, com o Atlético finalizando duas vezes e a Chapecoense uma.

O segundo tempo foi melhor, mas também sem grandes jogadas. O rubro-negro abriu o placar através de Pablo, que de cabeça aproveitou cruzamento de Renan Lodi.

Falhando muito defensivamente, assim como já havia acontecido na derrota para o Galo, o Furacão levou a virada. No gol de empate, o volante Bruno Guimarães tentou cortar a bola e desviou a trajetória da bola, marcando gol contra.

Na virada, o zagueiro Thiago Heleno não deu combate, deixando o jogador Leandro Pereira livre para receber o cruzamento de Bruno Silva, que marcou de cabeça.

Após sofrer o segundo gol o time de Tiago Nunes não teve mais forças para pelo menos tentar o empate.

Os dois próximos jogos do Atlético serão em casa, contra o Fluminense e Paraná Clube.

Com as três derrotas consecutivas na Série A, o time atleticano ocupa a 14ª posição, com apenas três pontos a mais da primeira equipe de ZR.

Publicidade