Pelo Brasil Metropolitano de Curitiba: Pizzol e Giusti buscam recuperação na...

Metropolitano de Curitiba: Pizzol e Giusti buscam recuperação na Marcas “A”

-

Por Bispo Neto
Foto: Rogenes Santana

A dupla catarinense Davi Dal Pizzol/Michel Giusti (Mundial Textil) participa no fim de semana (6 e 7/5) da terceira etapa do Metropolitano de Curitiba de Velocidade no Asfalto 2017, na categoria Marcas “A”. A etapa será disputada no Autódromo Internacional de Curitiba, em Pinhais (PR), com Pizzol e Giusti indo em busca de recuperação no campeonato, a bordo do Gol n.º 72, que conta com preparação da Pein Competições, do experiente preparador Sérgio Pein.

Os catarinenses Davi Dal Pizzol e Michel Giusti (Mundial Textil) são pilotos rápidos e técnicos, com várias conquistas no Automobilismo Catarinense e na Velocidade no Asfalto no Paraná. Durante o treino classificatório da segunda etapa, na categoriaMarcas “A”, Pizzzol e Giusti marcaram o tempo de 1min40s653, ficando com o oitavo lugar na Geral e na Marcas “A”. Davi foi para a primeira corrida em busca de recuperação, para tentar “brigar” pela vitória. Fez boa largada, manteve o oitavo lugar por duas voltas e na terceira volta já estava na quinta posição. Caiu para o sexto lugar, mas em uma disputa por posição, levou uma batida na lateral direita dianteira, que quebrou o eixo do carro e o piloto teve que abandonar a prova na quinta volta, quando vinha em boa recuperação, mesmo com tantos pilotos bons de Curitiba, Cascavel, Londrina e Santa Catarina. A vitória foi de Gustavo Magnabosco, seguido de Ruslan Carta Filho, Edoli Caus Jr, Paulo Bento, Márcio Ymagava e Adriano Barbosa. Com a quebra, Davi Dal Pizzol ficou em 31.º na Geral.

Na segunda prova, a “missão” de recuperar posições, ficou a cargo de Michel Giusti (Mundial Textil), que assumiu o comando do Gol n.º 72, depois do rápido trabalho de recuperação da equipe Pein Competições. Na largada, passou a imprimir ritmo forte de corrida e completou a primeira volta na 17.ª posição, fazendo 14 ultrapassagens. Foi ganhando posições e na sexta volta já ocupava o décimo lugar. Continuou em boa prova de recuperação, até chegar à sétima colocação na 12.ª volta, onde se manteve até a bandeirada final e após fazer 24 ultrapassagens. Após 18 voltas, a vitória foi de Gustavo Magnabosco, com tempo de 33min28s784, seguido de Andrei Carta, a 2s830, Edoli Caus Jr, a 3s386, Richard Heidrich, a 6s304, Marcel Sedano, a 6s524 e Gustavo Dal Pizzol, a 7s621. Somados os pontos das provas disputadas, Pizzol e Giusti concluíram a etapa em sexto lugar na Marcas “A”, com 8 pontos ganhos.

“Nossa equipe tem feito um bom trabalho, pois mesmo com as adversidades na pista, marcamos uma pole position e duas boas provas de recuperação. Vamos para as corridas da terceira etapa em busca da primeira vitória”, disse Davi Dal Pizzol. “Eu e o Davi somos dois pilotos rápidos e queremos “brigar” pela vitória. Vamos acertar o carro nos treinos livres e caprichar no treino classificatório, para largar na frente e tentar ficar entre os três primeiros nas duas corridas”, concluiu Michel Giusti.

– Classificação –

Com duas etapas realizadas e quatro provas disputadas, a classificação do Metropolitano de Curitiba de Velocidade no Asfalto 2017, na categoria Marcas “A” é a seguinte: 1.º) Gustavo Magnabosco (SC), 87 pontos; 2.º) Ruslan Carta/Andrei Carta (PR), 52; 3.º) Gustavo Dal Pizzol (SC), 51; 4.º) Richard Heidrich (SC), 50; 5.º) Davi Dal Pizzol (SC), 30; 6.º)Algacir Sermann Filho/Rodrigo Tassi (PR), 28; 7.º) Luciano Martins (SC), 19; 8.º) Guto Baldo (PR), 18; 9.º) Emílio Weiss (PR) e Michel Giusti (SC), 11; e em 10.º) Jair Bana/Duda Bana (PR), 9.

Últimas publicações

Athletico garante vaga na semifinal da Copa do Brasil

O Athletico Paranaense está pela terceira vez na fase semifinal da Copa do Brasil. Jogando na Vila...

Velocidade na Terra reuniu 72 carros em Ponta Grossa

A etapa final do Paranaense de Velocidade na Terra 2020 e abertura da Temporada 2021 da modalidade...

Alfredinho Ibiapina sai do final do grid e conquista pódio na Copa São Paulo Light

Alfredinho Ibiapina (Orcali) saiu da 7ª etapa da Copa São Paulo Light de Kart com motivação renovada....

Paraná está virtualmente na Série D do Campeonato Brasileiro

O Paraná Clube está virtualmente rebaixado para a Série D do Campeonato Brasileiro. Restando apenas duas rodadas...

Athletico dá mais um vexame e segue em queda livre

O Athletico Paranaense começa a se candidatar como um dos times que vai brigar contra o rebaixamento...

Matheus Costa, do Operário, é o técnico mais longevo da série B do Brasileirão

A recente saída de Jerson Testoni, do Brusque, tornou Matheus Costa, do Operário Ferroviário, o técnico mais...

Mais destaques do esporte

Coxa é campeão da Copa do Brasil sub-20

Na tarde deste domingo (20) o Coritiba...

Você também pode gostarRelacionadas
Recomendado para você

Fale conosco