Top 3 para Caio Victorelli na Super Final da Copa SPK

Foto: Eni Alves

A Super Final da Copa Super Paraná de Kart (SPK), realizada no último domingo (9), no kartódromo Raceland Internacional, em Pinhais, foi de altos e baixos para o piloto Caio Victorelli (Joia de Minas/ Loucos por Churros/ Mix Farinelli/ Premiere Alimentos/ Santa Maria Laticínios/ Sedecon Alimentos/ Temperatta/ Tia Eliana/ VRT Competitions). O dia iniciou bem com a conquista da pole position pela categoria Novatos, mas um incidente na segunda prova entornou o eixo do kart obrigando o piloto a abandonar a disputa.

Na primeira bateria, Caio Victorelli foi fortemente pressionado pelo segundo colocado desde a largada. Com disputas acirradas entre os dois pilotos por toda a pista, Victorelli manteve a posição de líder até a 6ª volta quando sofreu a ultrapassagem. A briga pela liderança continuou até as últimas voltas e Victorelli cruzou a linha de chegada em segundo lugar.

Na segunda bateria, última prova do ano, Victorelli largou bem e assumiu a liderança. A disputa passou a ser entre os três primeiros, que vinham no mesmo ritmo. Na 5ª passagem Victorelli foi ultrapassado e outro piloto estava próximo. Faltando duas voltas para o final, na briga pela 3ª posição, um concorrente entrou na curva e não conseguiu segurar o kart, que rodou. Muito próximo e na tentativa de um desvio, a roda traseira do kart de Victorelli bateu no outro equipamento fazendo o eixo do kart entortar. O piloto ainda tentou levar a corrida adiante, sem sucesso, teve que abandonar a pista. Com a soma dos resultados, Victorelli encerrou a etapa em 3º lugar.

“As disputas estavam boas, mas infelizmente, incidentes acontecem. Esta foi a minha segunda participação na Copa SPK e nas corridas de kart neste ano aqui no Brasil. Eu e a minha equipe vamos continuar os treinos e a preparação para tentarmos brigar por títulos na próxima temporada. Agradeço a equipe Cris Racing, ao meu pai e o apoio da minha família e amigos, e principalmente aos patrocinadores, que confiam suas marcas em mim”, concluiu Caio Victorelli.

Publicidade